31 3658-9510

Quer trabalhar conosco?

Cadastre-se agora mesmo.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon

Motiva Marketing @ 2019 - Todos os direitos reservados

Neuromarketing: Potencialize seus resultados

Já imaginou se você soubesse como o cérebro do seu cliente funciona? O que ele considera na hora de comprar um produto ou serviço da sua empresa?

 

Existe uma área totalmente dedicada a estudar o cérebro do consumidor: é o neuromarketing.

 

Para entender melhor como ele é dividido, em quais campos ele se aplica, quais seus objetivos e as áreas de mercado que ele pode ser aplicado, vamos entender melhor o que ele é.

 

Neuromarketing

Se refere ao uso de métodos científicos modernos relacionados ao cérebro capazes de mensurar o impacto do marketing e da publicidade em consumidores.


Suas técnicas são baseadas em princípios científicos acerca do que cada ser humano de fato pensa e decide.. princípios que envolvem processos cerebrais dos quais nossa consciência não está a par.

 

 

Sensacional né?!

Os neurologistas descobriram que o poder de compra está no subconsciente. Esse enigmático inconsciente representa de 90 a 95% das nossas decisões!!


Para sua marca não passar despercebida pelas pessoas, listamos 05 dicas do livro “Neuromarketing Aplicado á Redação Publicitária”, de Lilian S. Gonçalves.

 

 

1. Desperte os Neurônios-Espelho

Mostrar seu produto sendo consumido por outros, isso fará com que as pessoas tenham vontade de experimentá-lo. O “neurônio-espelho” é o motivo pelo qual imitamos involuntariamente outras pessoas. Um bom exemplo é o ato de bocejar, quando você vê alguém bocejando é inevitável não bocejar também.

 

2. Eleve os marcadores somáticos

O neuromarketing revela que os consumidores tendem a se fidelizarem as marcas que os atenderam bem e que possuem valores que eles compartilham. Sensações positivas  fazem os consumidores se lembrarem de você. O cheiro da batata frita do “Mc Donalds”, por exemplo.

 

3. Injeção de Dopamina

Muitas decisões se baseiam em experiências positivas passadas. Comprar libera uma substância viciante e sedutora chamada dopamina. O inconsciente grava essa lembrança e aguarda ansiosamente para uma nova injeção. Quanto melhor for a experiência de compra, mais tentado por comprar novamente você ficará!

 

4. Dê passagem ao marketing sensorial

O som do motor da Ferrari, o barulho de abrir uma latinha, cheiro do Big Mac são exemplos de ferramentas que aguçam o cérebro e fazem os neurônios cantarem em coro “eu quero”. É importante criar mensagens textuais descrevendo verdadeiramente o uso do produto ou serviço, seus benefícios, as vantagens competitivas. As caixas que embalam as roupas da empresa Farm Rio vem com o perfume da loja e tomam conta do ambiente ao serem abertas. Quanto mais caixas abertas, mais cheiroso ficará o quarto, casa ou escritório!

 

5. Desafie o cérebro

O cérebro adora um desafio, mas para o inconsciente o menos é sempre mais. Portanto seja direto e objetivo no jogo proposto e não se exceda nas informações, pois isso pode leva-lo a abandonar o inconsciente na hora de efetuar a compra.

 

 

A neurociência completa os espaços vazios do marketing quando se propõe a compreender o comportamento do consumidor no seu inconsciente e, entender a mente humana é a resposta para muitas perguntas e um dos caminhos para o seu sucesso!



Fontes

https://www.mediapost.com.br/blog/dicas-de-como-aplicar-o-neuromarketing-em-suas-acoes-digitais/

http://www.novomarketing.org/psicomarketing/neuromarketing-pode-mudar-sua-vida

 

 

Please reload

Receba em seu email nosso e-book gratuito!
Você sabia? Curiosidades!

Você sabia que os personagens das caixas de cereais olham sempre para baixo de propósito?

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Cadastre-se e trabalhe com a Motiva!
Procurar por tags